Choose Your Location:  

Support   

Entre em contato
Por que a versatilidade do cpvc foi a escolha óbvia da AkzoNobel

Por: Jorge Solorio Data: 20 de Setembro de 2018

Imprimir/Salvar como PDF

Por que a versatilidade do cpvc foi a escolha óbvia da AkzoNobel

Estudo de Caso  |  Fabricação  |  Sistemas de canalização  |  Cloreto alcalino

Em 2006, a empresa holandesa AkzoNobel Base Chemicals B.V. construiu sua planta de cloro baseada na tecnologia de eletrólise da membrana Asahi.

Baseada nas experiências atuais com cloreto de polivinil clorado (CPVC) em sua fábrica de Rotterdam-Botlek e recomendações da AkzoNobel Technology & Engineering localizada em Arnhem, os engenheiros da fábrica escolheram Corzan® CPVC para suas tubulações (total de 1000 metros ou 3280 pés).

Aplicações específicas incluídas:

  • Sistema de chuveiro usando somente CPVC
  • Cloro usando FRP/CPVC
  • Anolito usando FRP/CVPC

O sistema de tubulação do CPVC Corzan ofereceu uma série de vantagens em relação a outras opções de tubulação, bem como a versatilidade em muitas necessidades distintas.

 

O CPVC Oferece Vantagens para a Saúde

Bacteria buildup chart for CPVC, steel, copper and polyethylene

Os surtos da doença da legionela na Europa Ocidental e outros problemas de saúde associados a bactérias levaram a uma maior conscientização sobre o efeito dos materiais de tubulação no crescimento bacteriano.

Estudos mostram que a acumulação de bactérias com CPVC é muito menor do que com materiais das tubulações alternativas, como cobre, aço e outros termoplásticos.

O gráfico correspondente, mostra a conclusão de três estudos diferentes, mostra o acúmulo de bactérias no CPVC, aço, cobre e polietileno após 120 dias.

Para Johan Wolt, gerente da planta, a segurança no trabalho e saúde de seus funcionários é uma prioridade. Ele acredita que o CPVC é uma excelente escolha para os chuveiros de segurança da AkzoNobel. 

No quadro abaixo estão as linhas de chuveiro AkzoNobel a 95 ° F (35 ° C)

cpvc shower lines

 

CPVC oferece Versatilidade para Plantas

O uso de sistemas de tubulação CPVC varia de chuveiros de segurança a aplicações tão exigentes como o gás de cloro e as aplicações de salmoura saturada. As condições variam de planta para planta, mas, em geral, o CPVC é capaz de suportar uma carga quimicamente intensa, pressão até 10 bar e temperaturas até 203 ° F (95°C).

O quadro a seguir mostra as pressões de trabalho e as temperaturas de materiais de tubulação alternativos. Você verá que o CPVC exibe resistência à temperatura além do cloreto de polivinil (PVC) ou acrilonitrila butadieno estireno (ABS), desempenho superior ao polipropileno (PP) e desempenho comparável ao difluoreto de polivinilideno mais caro (PVDF).

Tabela de pressão e temperatura do trabalho da tubulação

 

 

O tubo de Laminação Dupla CPVC/FRP Exibe Vantagens sobre o Titânio

Por mais de 30 anos, o CPVC tem sido usado como material de revestimento e funciona favoravelmente com plásticos reforçados com fibra de vidro (FRP), contribuindo para a sua vida útil mais longa.

frp cpvc dual laminate piping systemO FRP/CPVC oferece as seguintes vantagens em relação ao titânio:

  • Vantagem de custo
  • Soldagem mais fácil
  • Tempo de entrega mais curto

Esta foto é do sistema de laminação dupla FRP/CPVC a 194F (90 ° C).

 

CPVC é um material tecnicamente excelente e os engenheiros da AkzoNobel tiveram uma experiência positiva com isso ao longo de vários anos.

Bernard Rijpkema, AkzoNobel Technology & Engineering

Para Marc Vredegoor, especialista em materiais, o fator decisivo na escolha do CPVC Corzan foi o fato de que os produtos da marca Corzan serem projetados e aprimorados constantemente para atender às demandas e exigências dos usuários finais.

Na figura abaixo estão os cabeçotes de cloro de laminação dupla FRP/CVPC a 194°F (90°C)

frp cpvc cabeçalhos de cloro molhado duplo laminado

 

Escolha um Fabricante com Experiência

Escolher a empresa de fabricação certa é sempre importante para garantir a qualidade do sistema e desempenho sem problemas. Embora a percepção da soldagem CPVC seja considerada mais exigente do que outros materiais plásticos, há um número crescente de empresas de fabricação experientes com CPVC. Técnicas comumente utilizadas incluem soldagem por gás quente e fusão de bordas com a resistência de soldagem atingindo 80-90% do CPVC original. 

O projeto AkzoNobel foi encomendado a uma das principais empresas europeias de fabricação KCH, na Alemanha, que possui mais de 20 anos de experiência com instalações CPVC.

 

Quer Saber mais sobre o CPVC?

Juntamente com o Chemical Processing Magazine ( Revista de Processamento Químico), desenvolvemos este relatório especial para aprofundar as capacidades, benefícios e desempenho do CPVC nas aplicações industriais mais severas.

Faça Download do Relatório

 

Inscreva-se no Blog