Choose Your Location:  

Support   

Entre em contato
Como as classificações de pressão dos tubos CPVC são calculadas

Por: Jorge Solorio Data: 20 de Junho de 2019

Imprimir/Salvar como PDF

Como as classificações de pressão dos tubos CPVC são calculadas

Sistemas de canalização  |  Guia de instalação

how cpvc pipe pressure ratings are calculated white paper cover

Esta publicação é uma introdução ao nosso artigo de recursos, "Como as Classificações de Pressão de Tubos CPVC são Calculadas."

Para ser usado em sistemas de tubulação de pressão, todos os materiais devem comprovar empiricamente suas capacidades de pressão. Isso garante que plantas e instalações estão integrando a tubulação que pode suportar as exigências de resistência a longo prazo de suas aplicações.


O ASTM, ISO e o Conselho de Tensão Hidrostática do Instituto de Tubos Plásticos desenvolveram uma série de metodologias de teste e fatores de projeto para verificar as capacidades de suporte de pressão a longo prazo de compostos termoplásticos (por exemplo cloreto de polivinil clorado (CPVC)).

 

Desenvolvendo Classificações de Pressão Termoplásticas Padronizadas

Projetar sistemas de tubulação com termoplásticos foi relativamente novo na década de 1950. A Lubrizol não seria a pioneira no CPVC até 1958. Isso significa que não havia métodos padronizados para determinar consistentemente o desempenho termoplástico com base em diferentes fatores (por exemplo, calor e pressão).


Desnecessário será dizer que estabelecer um meio para comparar materiais e definir capacidades de pressão é imperativo.


Em 1958, o agora chamado Instituto dos Tubos de Plásticos(Institute Plastics Pipe ) estabeleceu o Subcomitê de Tensão de Trabalho (agora chamado de Conselho de Tensão Hidrostático). O objetivo do conselho foi desenvolver um teste de tensão do projeto hidrostático para compostos termoplásticos.

A evolução do método após testar 15 vezes, a ASTM D2837 foi publicada em 1969. A ASTM D2837 é a metodologia ainda em uso hoje para medir a resistência hidrostática de longo prazo de compostos termoplásticos como o CPVC.

 

Metodologia Padrão de Teste de Termoplástico

Existem duas metodologias primárias usadas para determinar a resistência hidrostática a longo prazo de um material de tubulação. Mencionado acima, a ASTM D2837, "Método de Teste Padrão para Obtenção de Base de Desenho Hidrostático para Materiais de Tubulação Termoplástica ou Base do projeto de Pressão para Produtos de Tubo Termoplástico" é o mais comumente usado. O outro é ISO 9080, que você pode ler aqui.

 

Calculando as Classificações de Pressão do Tubo CPVC: Saiba Mais

Para obter uma explicação técnica sobre como a ASTM D2837 é aplicada ao material CPVC, baixe o nosso white paper gratuito — “Como as classificações de pressão do CPVC são calculadas.” INela, a equipe de produtos e engenharia do Sistema Industrial Corzan® explica como:

  1. A força hidrostática a longo prazo (LTHS) é calculada e validada. 
  2. Um fator do projeto estabelecido é usado para calcular a tensão no desenho hidrostático (HDS).
  3. Os efeitos de temperaturas elevadas são contabilizados.
  4. A classificação da pressão de um tubo é calculada.

Confira a página de recursos de Como as Classificações de Pressão dos Tubos CPVC são Calculado para um mergulho profundo nas classificações de pressão, nos sistemas de tubulação que valem milhões de dólares. Ou você pode baixar o artigo completo como PDF, clicando no botão abaixo. 

New Call-to-action

 

Inscreva-se no Blog