Choose Your Location:  

Suporte   

Entre em contato

REFORÇO DE SOLDAGEM DA TUBULAÇÃO Corzan® CPVC

O reforço de soldagem deve ser usado para reparar vazamentos menores em juntas roscadas ou com uso do Cement Solvent. O reforço de soldagem é uma técnica soldagem que é executada forçando uma vareta de solda para fundir um filete na junta, isto ocorre enquanto ambos, a vareta e a própria junta, são aquecidos com ar quente.

 

3-598452-edited

Antes de começar a soldagem de ar quente, a seção de tubulação onde o reparo será feito deve ser esvaziada. As juntas não devem ser soldadas com líquidos ainda no tubo.

Toda a sujeira e a umidade devem ser retiradas da junta para serem reparadas. O excesso de Cement Solvent seco em torno da junta deve ser removido com uma lixa. O resíduo do Cement Solvent pode tender a chamuscar e queimar durante a soldagem. Se a junta a ser soldada é uma junta roscada, o excesso de filamentos na área da junção deve ser removido com uma lima de forma que a superfície fique lisa para a soldagem.

Se uma ponta soldadora fôr usada para o reforço de soldagem, consulte a seção sobre fabricação com solda de ar quente de alta velocidade para conhecer as condições e técnicas apropriadas de uso.

Em caso de utilização de uma solda rápida(speedtip) para o reforço de soldagem, consulte a seção sobre fabricação com solda de ar quente de alta velocidade para conhecer as condições e técnicas apropriadas de uso.

Se a soldagem for feita alimentando a vareta manualmente, as seguintes condições e procedimentos devem ser usados:

  • A temperatura de soldagem deve ser de aproximadamente 550 a 600 ° F (287,8 a 315,6 ° C). Somente uma vareta de soldagem feita de Corzan® CPVC deve ser usada para juntas de CPVC de reforço de soldagem.
  •  A extremidade da vareta de solda deve ser inserida dentro da junção do tubo e da conexão, e a vareta deve ser mantida em um ângulo de 90 ° com a junta.
  • A vareta e o material de base devem ser pré-aquecidos com o maçarico a uma distância de 0,6 a 2 cm, tanto da vareta quanto do material de base e abanando para frente e para trás na área de soldagem imediata.
  • Durante o pré-aquecimento, a vareta pode ser movida para cima e para baixo até ficar suficientemente branda para aderir a base.
  • Quando os materiais são aquecidos o suficiente para se fundir, a vareta deve avançar com a aplicação de uma ligeira pressão.
  • O movimento de abanar do maçarico deve ser continuado ao longo do processo de soldagem. Quando a solda for concluída, outra pequena quantidade(cerca de 2,5 cm)de material da vareta deve ser colocada sobre a cordão de solda.
  • Quando um tubo de diâmetro grande é soldado, podem ser necessárias cordões de solda adicionais para preencher a junta adequadamente. O primeiro cordão deve ser colocado diretamente no friso, e os cordões subseqüentes de cada lado do primeira borda.

Sample Header Goes Here

Calculadora de Expansão Térmica

Com a Calculadora de Expansão de Tubos Corzan® CPVC , se considera a expansão linear do Corzan CPVC e o desenho em torno da de tensão de compressão

Acesse a Calculadora de Expansão

Biblioteca de Objetos BIM

Para simplificar o processo de integração de tubos, conexões e válvulas Corzan® CPVC em seus projetos CAD de plantas industriais, disponibilizamos nossa biblioteca de objetos BIM e especificações para download.

Acesse a Biblioteca BIM

Precisa de suporte de instalação?

Nossa equipe de especialistas regionais em produtos e engenharia está disponível para fornecer conselhos, informações e treinamento no local.

Solicite uma Consulta